• Adriana Valadares

Além de BH, 47 cidades mineiras vão receber vacina da Pfizer

O governo de Minas Gerais divulgou nesta quinta-feira (20) as 47 cidades que vão receber doses da vacina Pfizer. Belo Horizonte já vem recebendo lotes porque tem condições de armazenar as vacinas. O tempo de validade máximo delas após abertura do frasco, conservado entre 2°C e 8°C, é de 6 horas.

Nesta terça-feira (18), foram recebidas 64.350 doses da Pfizer. A distribuição aos municípios começa nesta sexta-feira (21) para as Unidades Regionais de Saúde (URSs) As cidades são:

  1. Alfenas

  2. Araguari

  3. Araxá

  4. Barbacena

  5. Betim

  6. Caratinga

  7. Conselheiro Lafaiete

  8. Contagem

  9. Coronel Fabriciano

  10. Curvelo

  11. Divinópolis

  12. Governador Valadares

  13. Ibirité

  14. Ipatinga

  15. Itabira

  16. Itajubá

  17. Itaúna

  18. Ituiutaba

  19. João Monlevade

  20. Juiz de Fora

  21. Lavras

  22. Manhuaçu

  23. Montes Claros

  24. Muriaé

  25. Nova Lima

  26. Nova Serrana

  27. Pará de Minas

  28. Ribeirão das Neves

  29. Sabará

  30. Santa Luzia

  31. São João del-Rei

  32. Teófilo Otoni

  33. Timóteo

  34. Vespasiano

  35. Passos

  36. Paracatu

  37. Patos de Minas

  38. Patrocínio

  39. Poços de Caldas

  40. Pouso Alegre

  41. Sete Lagoas

  42. Três Corações

  43. Ubá

  44. Uberaba

  45. Uberlândia

  46. Unaí

  47. Varginha

Para receber o imunizante, os critérios a serem seguidos são:

  • População acima de 79 mil habitantes;

  • Ter equipe capacitada para a administração da vacina;

  • Menor distância da sede da Unidade Regional de Saúde (URS): os municípios devem estar distantes, no máximo, 2h30min da capital, por modal aéreo ou rodoviário (veículo refrigerado), a fim de ampliar a segurança da preservação da temperatura de transporte indicada (-15°C à -25°C), observada a estrutura atualmente disponível para logística;

  • As unidades de Saúde selecionadas deverão estar orientadas e comprovar mecanismos de agendamento para vacinação. A lista de usuários indicados à vacinação deverá ser de 2 vezes o total de vacinas disponibilizadas àquela unidade (lista de espera/contingencial);

  • As unidades de Saúde selecionadas deverão agendar a vacinação de um total de pessoas compatível com o consumo de 100% das vacinas a serem recebidas em no máximo 4 dias, a contar da data agendada para recebimento das vacinas;

  • O tempo de validade máximo após abertura do frasco, conservado entre 2°C e 8°C, é de 6 horas. As unidades devem manter procedimentos orientados à utilização integral das 6 doses (0,3ml) por frasco no período de funcionamento/vacinação;

  • Não deve ser realizada a vacinação com Pfizer/Comirnaty fora das unidades de Saúde, de forma que as condições de preparo e conservação estejam rigorosamente preservadas.



0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!