• jornalismo42

Arsae-MG propõe redução nas tarifas de água e esgoto da Copasa

A Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (Arsae-MG) vai extinguir a tarifa de tratamento de esgoto e definir um preço único para o serviço, seja ele de coleta ou tratamento. Dessa forma, o valor da tarifa de esgoto será equivalente a 74% da tarifa de água.

Atualmente, a cobrança pelo serviço de esgotamento sanitário varia para cada usuário, em razão da existência ou não de tratamento do esgoto. Residências em que o esgoto coletado é tratado pagam uma tarifa maior do que aquelas em que o esgoto é apenas coletado. A Arsae-MG deu início à terceira e última fase do processo de consultas e audiências públicas referentes à 2ª Revisão Tarifária Periódica da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e à 3ª Revisão Tarifária da subsidiária Copanor. Essas revisões consistem na reavaliação das condições da prestação dos serviços e do mercado das companhias com o objetivo de estabelecer as novas tarifas a serem aplicadas. Os resultados serão aplicados a partir de 1º de agosto de 2021. “Serão revisados um conjunto de regras e mecanismos que buscam eficiência, expansão e qualidade dos serviços ao longo dos próximos quatro anos. Por isso é importante a participação de todos”, afirma o coordenador da área econômica da Arsae-MG, Raphael Castanheira. Uma nova audiência pública será realizada no dia 7 de maio, das 14h às 17h, de forma virtual. Quem quiser participar, deve fazer inscrição pelo e-mail consultapublica23@arsae.mg.gov.br.







0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!