• jornalismo42

Aulas presenciais passarão a ser obrigatórias na rede estadual de educação em Minas Gerais

Alunos da rede estadual de ensino deverão voltar às salas de aula a partir do dia 3 de novembro. A decisão foi divulgada depois que a Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG) aprovou a revisão nos protocolos sanitários.

De acordo com o governo do estado, o retorno presencial se deve à redução dos casos confirmados de Covid-19 em Minas Gerais e ao avanço da vacinação. Até então, ele era facultativo. “Foram apresentadas várias justificativas, entre elas o crescimento da vacinação e o aumento do número de pessoas com duas doses recebidas. Os professores já estão todos vacinados e o alunos acima de 12 anos também já iniciaram o processo de vacinação”, descreveu o secretário Fábio Baccheretti. O novo protocolo também reduziu o distanciamento adicional entre os alunos. Anteriormente, durante os encontros presenciais, os estudantes deviam ser dispostos a 90 centímetros um do outro. Agora, este distanciamento não é mais necessário.

De acordo com a Secretaria de Estado de Educação (SEE-MG), o retorno poderá evitar a evasão escolar e reforçar o vínculo entre os alunos e as instituições. A secretária Júlia Sant’Anna também destacou a redução da defasagem no ensino.

“Entendemos que a volta de todos os alunos para as escolas é fundamental para o fortalecimento do processo de aprendizagem e do vínculo com a escola, atuando de forma ainda mais efetiva para reduzir as defasagens no ensino e a evasão escolar dos nossos estudantes”, explicou. Alunos com condições de saúde mais frágeis à Covid-19 poderão continuar com atividades remotas, desde que a situação seja comprovada com prescrição médica.



0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!