• jornalismo42

BH abre cadastro de adolescentes com comorbidades para vacinação contra Covid-19

A partir desta terça-feira (24), a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) iniciará o cadastramento de adolescentes de 17 a 12 anos com comorbidades, deficiência permanente, gestantes, puérperas e lactantes residentes na capital. O objetivo é contabilizar o público para vaciná-lo contra a Covid-19. A data da imunização será divulgada assim que o município receber as doses destinadas ao grupo. As informações foram divulgadas pelo Executivo nesta segunda-feira (23).

De acordo com a prefeitura, o cadastramento será o encerrado no dia 2 de setembro, às 23h59, e poderá ser feito somente no portal da Prefeitura. Não será aceito envio por e-mail ou por telefone.

O cadastramento de adolescentes com deficiência permanente pode ser feito neste link. Já as gestantes, puérperas e lactantes devem se cadastrar neste link. O público com comorbidade deve acessar este link para realizar o cadastramento.

Para se vacinar, além da realização do cadastro, os adolescentes precisam de documentos para comprovar a condição. Podem ser apresentados exames, receitas, relatório médico e/ou prescrição médica emitidos em até 12 meses antes da data do cadastro devendo conter o número do registro do profissional no respectivo conselho de classe.

Todas as declarações apresentadas no cadastro são de total responsabilidade do responsável pelo menor que os preencheu e de quem emitiu os comprovantes. Será realizada auditoria no processo de vacinação e, em caso de informações inverídicas, os declarantes ficarão sujeitos às responsabilizações administrativas, civis e penais aplicáveis.




0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!