• jornalismo42

BH volta à fase zero, com fechamento de todo comércio não essencial

Belo Horizonte mais uma vez fecha as portas do comércio por causa da pandemia. Com a piora nos indicadores da Covid-19, a capital mineira impôs restrições ao funcionamento das atividades não essenciais.

A medida, de acordo com a prefeitura, é válida por tempo indeterminado. A decisão foi anunciada pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD), cerca de um mês após a reabertura.

É a quarta vez que a prefeitura impõe restrições na cidade por causa da pandemia. A primeira medida foi em março do ano passado, depois em junho, em janeiro deste ano e agora.

A PBH já publicou o decreto que suspende o funcionamento das atividades não essenciais no município. Sem falar em punições, o decreto 17.562 aponta apenas que durante o período de suspensão das atividades, os estabelecimentos que incluírem no rol de atividades exercidas códigos de classificação de atividades cujo funcionamento está autorizado, estarão “sujeitos à vistoria pela fiscalização”.

As feiras permanentes promovidas pela Prefeitura também foram suspensas. Entre elas, a Feira de Arte, Artesanato e Produtores de Variedades da Avenida Afonso Pena, popularmente conhecida como Feira Hippie. As outras são Feira de Plantas e Flores Naturais da Avenida Carandaí; Feira da Praça Duque de Caxias; Feira do Bairro Sagrada Família; Feira da Praça Comendador Negrão de Lima; Feira do Bairro Jaraguá; Feira do Bairro Buritis; Feira do Bairro São Gabriel e Feira da Praça Diogo de Vasconcelos.


Confira o que pode funcionar:

5h às 22h: - Padaria 5h às 17h - Comércio atacadista da cadeia de atividades do comércio varejista da fase de controle - 7h às 21h: - Comércio varejista de laticínios e frios - Açougue e Peixaria - Hortifrutigranjeiros - Minimercados, mercearias e armazéns - Supermercados e hipermercados - Tintas, solventes e materiais para pintura - Material elétrico e hidráulico, vidros e ferragem - Madeireira - Material de construção em geral

Sem restrição de horário: - Artigos farmacêuticos - Comércio varejista de artigos de óptica - Artigos médicos e ortopédicos - Combustíveis para veículos automotores - Comércio varejista de gás liquefeito de petróleo (GLP) - Agências bancárias: instituições de crédito, seguro, capitalização, comércio e administração de valores imobiliários - Casas lotéricas - Agências dos Correios e telégrafo - Comércio de medicamentos para animais - Atividades industriais - Restaurantes (delivery ou retirada na porta) - Banca de jornais e revistas


Veja a lista das atividades que estão com o funcionamento suspenso:

Artigos de bomboniere e semelhantes

Artigos de iluminação

Artigos de cama, mesa e banho

Utensílios, móveis e equipamentos domésticos, exceto eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo

Tecidos e armarinho

Artigos de tapeçaria, cortinas e persianas

Produtos de limpeza e conservação

Artigos de papelaria, livraria e fotográficos

Brinquedos e artigos recreativos

Bicicletas e triciclos, peças e acessórios

Cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal

Veículos automotores

Peças e acessórios para veículos automotores

Pneumáticos e câmaras-de-ar

Comércio atacadista da cadeia de comércio varejista da fase 1

Cabeleireiros, manicure e pedicure

Centros de comércio popular instituídos a qualquer tempo por Operações Urbanas visando a inclusão produtiva de camelôs, desde que localizados no Hipercentro ou em Venda Nova


Motivos para o fechamento Uma das razões que motivaram mais um fechamento do comércio em Belo Horizonte foi a taxa de ocupação de UTI. Ela chegou a 81% nesta sexta-feira (5). Já são 116.419 casos confirmados e 2.815 mortes por Covid-19.

Na Santa Casa, 97% das UTIs estavam ocupadas nesta quinta-feira (4). No Hospital Eduardo de Menezes, referência em infectologia, a UTI estava com 93% de ocupação. Já no Hospital Júlia Kubitschek, a taxa de ocupação estava em 76%.

Outro motivo é a internação de quatro crianças com Covid-19 em enfermaria. Outras quatro estão aguardando vagas. Durante a pandemia, três crianças com menos de 14 anos morreram. Duas delas tinham até quatro anos de idade.




0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!