• jornalismo42

Campanha Natal sem Fome 2021 vai ter auxílio da ALMG

A campanha Natal Sem Fome 2021, lançada oficialmente no estado, vai contar com o auxílio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) na promoção da edição deste ano.

A iniciativa é idealizada pela ONG Ação da Cidadania, fundada em 1993 pelo sociólogo Herbert de Sousa, o Betinho, e, segundo dados da entidade, já ajudou mais de 20 milhões de pessoas ao longo dos anos. O presidente da ALMG, Agostinho Patrus (PV), assinou uma carta de apoio da Casa à campanha.

Até o dia 17 de dezembro, a Assembleia vai ajudar a Ação da Cidadania em Minas Gerais a arrecadar recursos, que serão utilizados para a compra de cestas básicas para a população mais vulnerável. As doações serão recebidas pela Associação Arebeldia Cultural, entidade parceira na execução de ações do Comitê Estadual da Ação Cidadania em Minas.

“A vontade de estar junto é fruto da empatia. Imbuído deste sentimento, o Parlamento mineiro se une, hoje, ao Comitê Mineiro da Rede Ação pela Cidadania, à Associação Arebeldia, ao grupo raízes e à imprensa mineira no manifesto de apoio ao ‘Natal sem Fome’, maior campanha contra a fome da América Latina”, disse Patrus.

A coordenadora do Comitê Mineiro da Ação da Cidadania, Danusa Carvalho, destacou a importância da campanha, principalmente neste momento em que a crise econômica em decorrência da pandemia aumentou de forma drástica o número de pessoas em situação de pobreza extrema.

“Ficamos quase dez anos parados, voltamos em 2017, aí depois teve uma enchente muito grande em Minas Gerais, e aí tivemos um grande empenho para distribuir (alimentos), logo em seguida veio a pandemia, que voltamos para miséria mesmo, com quase 40 milhões de brasileiros em estado de necessidade de tudo, saúde, comida, moradia”, afirmou.

“Não estamos procurando grandes doações, mas buscando a solidariedade das pessoas. Qualquer valor. Qualquer pessoa pode ajudar. Queremos conscientizar a população que a gente precisa olhar para o lado, a gente precisa prestar atenção nas pessoas, a gente precisa desse afeto. A Humanidade está precisando disso”, disse Danusa.

Segundo dados divulgados pela Ação da Cidadania, 116,8 milhões de brasileiros vivem com algum grau de insegurança alimentar, 19,1 milhões de brasileiros passam fome no Brasil e, ainda, 11,1% dos domicílios chefiados por mulheres passam fome no Brasil.

A Assembleia vai recolher diretamente doações em brinquedos novos, em postos de coleta físicos que serão instalados na sede do Legislativo.

As ações integram o programa Assembleia Solidária, criado em setembro de 2011 pela ALMG e pelos parceiros Aslemg, Aplemg, Sindalemg e Sicoob Cofal, e cujo objetivo é engajar pessoas e organizações em causas sociais.




0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!