• jornalismo42

Com aumento médio de 3,88%, preço das carnes avança até 18% em BH neste ano

Preços de carnes bovinas, suínas e de frango avançaram em até 18% entre janeiro e abril deste ano em Belo Horizonte e região metropolitana. A informação é de uma pesquisa do site Mercado Mineiro, que classificou os aumentos como “preocupantes” para o consumidor. O aumento médio nos preços de 35 produtos analisados pela empresa foi de 3,88% no período. A maior variação ocorreu no valor quilo do frango congelado, de 17,94%, e no da costelinha de porco, de 14,54%.


Só houve queda de preço em três dos produtos, picanha, asa de frango resfriada e frango resfriado, de, respectivamente, 5,23%, 11,52% e 0,2%.


Veja a variação de preços entre janeiro e abril de 2021:


Carnes bovinas

  • Acém 5,53%

  • Alcatra 0,92%

  • Chã de Dentro 2,37%

  • Chã de Fora 4,26%

  • Contra Filé 0,90%

  • Filé Mignon 0,95%

  • Fraldinha 2,29%

  • Lagarto 5,03%

  • Maminha 6,82%

  • Miolo de Alcatra 1,32%

  • Patinho 5,08%

  • Picanha -5,23%


Carnes suínas

  • Bisteca Suína 2,86%

  • Copa Lombo 4,33%

  • Costelinha 14,54%

  • Lombinho Filé 3,13%

  • Lombo Aparado 4,10%

  • Lombo Inteiro 3,27%

  • Orelha 11,18%

  • Pazinha 2,96%

  • 13,68%

  • Pernil C/ Osso 5,29%

  • Pernil S/ Osso 4,91%

  • Rabinho 11,18%

  • Toucinho Comum 9,20%

  • Toucinho P/ Torresmo 5,65%

  • Salsicha 1,81%


Aves

  • Asa Resfriada -11,42%

  • Coração 3,04%

  • Coxa S/ Coxa 4,76%

  • Filé de Peito 4,13%

  • Frango Cong. 17,9%

  • Frango Resfriado -0,2%

  • Peito Resfriado 5,72%

  • Pescoço de Peru 3,68%


Os levantamentos foram realizados em 38 estabelecimentos na Grande BH, entre 28 e 30 de

abril deste ano. Há, ainda, grande variação de preços para o mesmo produto no varejo. A pesquisa cita, por exemplo, amplitude de 102% no quilo da picanha, que pode custar de R$37.99 até R$76.90, e no quilo do contra file, que pode custar de R$36.99 até R$59,95, com variação de 62%.


0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!