• jornalismo42

Custo da cesta básica em BH bate novo recorde e passa dos R$ 600

O custo da cesta básica em Belo Horizonte não para de subir desde junho deste ano e, em outubro, bateu um novo recorde, passando a barreira dos R$ 600. Após aumento de cerca de 2,7% em relação a setembro, quando já havia ocorrido uma alta, a cesta custa R$ 604,22, segundo levantamento da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas Administrativas e Contábeis de Minas Gerais (Ipead).

O conjunto de 13 alimentos básicos corresponde, hoje, a quase 55% do valor do salário mínimo. “O dinheiro está valendo menos neste mês para comprar a cesta básica do que no mês passado. A pessoa só vê o preço final do produto, mas há vários fatores por trás dele, como custo elevado dos combustíveis, que podem contribuir na alta”, elabora o gerente de pesquisa do Ipead, Eduardo Antunes. A alta acumulada da cesta nos últimos 12 meses é de 16% — 6,6% só desde o começo de 2021, quando ela custava R$ 576,32.

O tomate foi o alimento com maior elevação de preço neste mês e subiu cerca de 41%. Abaixo dele está a batata inglesa, que sofreu alta de 12,2%. O custo da banana caturra, por outro lado, diminuiu 12,7% e ela é, hoje, um dos poucos itens da cesta básica que ficaram mais barato nos últimos 12 meses. O custo do arroz também continua caindo e, nos últimos 12 meses, encolheu 3,6%.

O café moído aumentou 38,2% nos últimos 12 meses, 1,16% só entre setembro e outubro, segundo levantamento do Ipead. Mesmo entre pessoas de poder aquisitivo mais alto, a pandemia piorou a qualidade da alimentação, trocando alimentos in natura por fast-food no prato do brasileiro, de acordo com pesquisa realizada por universidades federais mineiras.

Em meio às altas que não dão mostras de acabar, as dicas habituais de consumo ganham ainda mais importância: “O consumidor tem que estar atento e fazer algum malabarismo para o dinheiro valer mais um pouco, seja trocar o produto ou evitar os mais caros neste momento, como o tomate”, recomenda o gerente de pesquisa do Ipead, Eduardo Antunes.




0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!