• Adriana Valadares

Defensoria propõe à PBH que escolas recebam 50% dos alunos - nova reunião ocorrerá nesta quarta (16)

A Prefeitura de Belo Horizonte, a Defensoria Pública e representantes dos trabalhadores da educação se reuniram, mais uma vez, em uma nova tentativa de conciliação em relação à volta às aulas presenciais.

A reunião durou quatro horas e ainda terminou sem consenso. Um novo encontro foi marcado para quarta-feira (16). Segundo a Defensoria Pública, este será o último encontro para tentativa de acordo extrajudicial. Se não houver um entendimento, a ação que pede a implantação de ensino online ou o retorno seguro das aulas presenciais, ajuizada em maio, seguirá na Justiça. A Prefeitura de Belo Horizonte já informou que, a partir do dia 21, alunos de 6 a 12 anos poderão voltar às salas de aula na rede pública e particular. O retorno será gradual, com as chamadas "microbolhas", compostas por seis alunos em cada turma, duas vezes na semana. O formato não agrada o Sindicato das Escolas Particulares, que querem o retorno híbrido e com a possibilidade de 50% dos alunos por turma. Educação infantil Crianças de até cinco anos das escolas públicas e particulares já puderam voltar às salas de aula em Belo Horizonte. No dia 26 de abril, o retorno foi em instituições de ensino privado. Na rede municipal, a volta foi na semana seguinte, em 3 de maio. Rede estadual Após decisão judicial na última quinta-feira (10), a Secretaria de Estado de Educação anunciou as datas para a volta às aulas em cidades que estão nas ondas verde e amarela do programa Minas Consciente. O retorno, que será facultativo, vai começar por alunos dos primeiros anos do ensino fundamental – do 1º ao 5º ano. A volta dos professores está programada para o dia 14 de junho e, dos alunos, a partir do dia 21. As escolas estaduais que estão em Belo Horizonte, por enquanto, não voltarão as aulas presenciais. Mesmo não participando do Minas Consciente, a capital atualmente se enquadra nos parâmetros da onda vermelha do plano. Ou seja, as atividades presenciais nas escolas estaduais localizadas em BH ainda não estão previstas para retornar.




0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!