• Adriana Valadares

DER fiscaliza ônibus em parceria com prefeituras da Grande BH

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DER-MG) começou a fiscalização dos ônibus metropolitanos em parceria com as prefeituras. A ideia é evitar ônibus superlotados, descumprindo medidas de combate ao coronavírus.

No primeiro dia, 142 veículos foram fiscalizados entre linhas municipais e metropolitanas. Apenas 2 ônibus, um municipal e um metropolitano, estavam com mais de 10 passageiros em pé, o que é proibido pelos protocolos da Prefeitura de Contagem, onde ocorreu a fiscalização. As empresas foram autuadas. A adesão para estas fiscalizações é voluntária. Até o momento, 14 municípios resolveram aderir, como Santa Luzia, Nova Lima, Ribeirão das Neves. O objetivo é que esse programa permaneça após a pandemia.


Índice de desempenho

Em Belo Horizonte, a BHTrans lançou um índice de desempenho das empresas de ônibus. Vai ser uma avaliação com base em sete critérios, desde a pontualidade até a satisfação dos passageiros. Depois disso, será feito um ranking.

O passageiro não vai participar da avaliação, mas pelo menos vai saber saber quais linhas que não seguem as regras, como descumprimento de horários, quantidade máxima de passageiros, além de falhas mecânicas e multas de trânsito.

A BHTrans afirmou que vai usar os dados que já coleta diariamente para a avaliação e para direcionar a fiscalização para linhas que tem as piores notas. Descumprimentos podem gerar autuações e multas.




0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!