• Adriana Valadares

DER-MG orienta motorista que pretende pegar estrada

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) divulgou algumas orientações para motoristas que pretendem pegar estrada durante o recesso de ano novo e nas férias de janeiro.

De acordo com o órgão, o primeiro cuidado é planejar a viagem, informando-se das condições das estradas, e, durante o deslocamento, praticar a direção defensiva, respeitando a sinalização. Para consulta sobre as condições das rodovias, basta clicar aqui.

Historicamente, nesta época do ano, as estradas ficam mais movimentadas e, portanto, mais perigosas. O maior fluxo de carros ainda encontra outro problema: as chuvas. Neste período, viajar significa redobrar cuidados, conhecer antes as condições das rodovias, anotar os telefones dos atendimentos de emergência e fazer uma revisão geral no carro para sair com segurança e evitar aborrecimentos.

Os riscos aumentam e são várias as precauções que devem ser tomadas, como por exemplo, a verificação do sistema de freios, do estado dos pneus, do estado das cadeirinhas para transporte das crianças, das condições dos limpadores de para-brisa e da situação dos faróis. O DER também disponibiliza, em seu site, na parte de educação para o trânsito, uma série de dicas importantes para o cidadão sobre as diversas situações que ele pode se deparar ao circular em ruas e estradas.


Pontos de atenção

Para Rosely Fantoni, gerente de Educação para o Trânsito do DER-MG, devido à pandemia, as viagens de carro poderão estar em primeiro plano para muitas pessoas, o que deve exigir cuidados redobrados.

Na avaliação da gerente, o condutor do veículo precisa ter consciência de que deve mudar sua maneira de dirigir quando está chovendo e o carro tem que estar preparado e em condições de trafegar em pista molhada.

"Nem todos os motoristas sabem que as primeiras chuvas são as mais perigosas, pois são elas que deixam as pistas escorregadias e o usuário não percebe o perigo que tem pela frente caso não diminua a velocidade e redobre a atenção", ressalta Rosely.

Ela destaca, ainda, os procedimentos mais importantes: o condutor precisa estar sempre descansado, fazer uso do cinto de segurança, ultrapassar somente quando houver total segurança e visibilidade, usar farol baixo sob chuva ou neblina, manter distância do carro da frente, reduzir a velocidade e não frear bruscamente, não fumar dentro do carro e evitar parar no acostamento.

"Nesse caso, sendo inevitável parar, o motorista deve ligar o pisca-pisca, colocar o triângulo e galhos de árvores como alerta. Além disso, todos os ocupantes do carro devem sair e permanecer longe da pista. Caso o motorista precise parar em uma curva, deve colocar a sinalização de forma que outros vejam antes o problema", orienta.


0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!