• Adriana Valadares

"E graças a Deus eu escolhi o Atlético" disse Keno, durante apresentação na Cidade do Galo


Foto: Reprodução TV GALO

“Quando eu cheguei a Salvador eu conversei com a minha mãe, com a minha esposa. Como estava dois anos fora, eu queria voltar para o Brasil. Pretendi vir para o Galo pela confiança no Alexandre Mattos. A gente converscou, ele me passou o projeto, um projeto muito bom. E graças a Deus eu escolhi o Atlético” , disse o atacante Keno, durante a apresentação oficial, na manhã desta sexta-feira (10), na Cidade do Galo.


Baiano de Salvador, ele explicou que essas conversas ocorreram na volta ao Brasil, após a paralisação do futebol no mundo todo, por conta da pandemia da covid-19.


Keno tem 30 anos e foi contratado por indicação do técnico Jorge Sampaoli. O jogador chega ao Galo com a incumbência de ser um dos velocistas do time, por sua reconhecida velocidade e habilidade. O atacante foi contratado junto ao Pyramids, do Egito, assinou por três temporadas e meia com o Galo e custou cerca de R$ 12 milhões aos cofres atleticanos.


Keno chegou dos Emirados Árabes – onde jogava por empréstimo no Al Jazira – no dia 1º deste mês, mas estava cumprindo isolamento, como manda protocolo de segurança contra a Covid-19, e fazendo exames médicos. Já nessa quinta-feira, a TV Galo transmitiu ao vivo o início do treino na Cidade do Galo e foi possível ver o agora atacante alvinegro integrado ao grupo, durante o aquecimento.


Foto: Reprodução TV GALO

Agora, Keno passa a buscar a melhor condição física e o entrosamento com os novos colegas de clube para ficar à disposição do técnico Jorge Sampaoli, visando à partida de retorno do futebol em Minas Gerais, no próximo dia 26, contra o América, pelo Campeonato Mineiro.


Durante a apresentação oficial do atleta, na manhã desta sexta-feira (10), Keno destacou mais de uma vez que irá precisar recuperar a forma física por estar há algum tempo parado.


“Eu estou feliz pela minha chegada ao Atlético. Espero fazer um bom trabalho. Pegar a melhor condição física. Voltar a treinar, que é uma coisa que eu gosto. Quero ficar em forma para poder ajudar o grupo. Pretendo ficar bem o mais rápido possível fisicamente para poder ajudar o Sampaoli e o Galo ”, disse o atacante, que ainda declarou que vai deixar nas mãos do treinador a forma como será encaixado no time.


“Estou chegando para dar o meu melhor. Vou treinando e quando estiver 100%, espero poder ajudar. Ele (Sampaoli) é experiente, foi vice-campeão brasileiro. Ele é bem rodado. Vi o trabalho dele ontem e vi que ele trabalha muito com todos os jogadores”, concluiu o jogador.




0 visualização
logo-rodape-novo.png
  • whatsapp (1)
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Ouça ao vivo!