• Adriana Valadares

Falta Coronavac na capital, mas BH segue vacinando 3 grupos com a Astrazeneca

A falta de imunizantes Coronavac, em Belo Horizonte, impediu a aplicação da segunda dose em idosos de 67 anos, conforme estava previsto, e também deve atrasar a imunização das faixas de 66, 65 e 64 anos. No entanto, outros grupos seguem sendo vacinados na capital mineira com doses da Astrazeneca.

Confira quais são, segundo a prefeitura de BH (PBH):


Segunda dose para idosos acima de 89 anos Onde se vacinar: em todos os pontos de vacinação contra Covid-19 na capital mineira e alguns drive-thru (veja) Pessoas dessa faixa etária sem mobilidade reduzida foram chamadas antecipadamente para tomar a segunda dose, com Astrazeneca, no último sábado (1), mas quem não compareceu pode procurar um dos postos da capital e completar a imunização ao longo desta semana. Segundo a PBH, o prazo segue as recomendações do fabricante - um intervalo de 4 a 12 semanas. Para se vacinar, é necessário documento de identidade, CPF e comprovante de residência, além do cartão de vacinação que conste a aplicação da primeira dose. Para o público acamado desta faixa etária, a PBH entrará em contato para agendar a imunização.


Primeira dose para trabalhadores de saúde com 37 anos ou mais cadastrados no site Onde se vacinar: nove pontos nas diferentes regionais de BH (veja locais aqui) Este grupo foi chamado a se vacinar no dia 1 de maio, sábado, e deve ficar atento pois, quem não se vacinou no dia, terá somente outros nove locais (um em cada regional) disponíveis ao longo desta semana. Vale lembrar que são apenas os trabalhadores da saúde cadastrados no portal da Prefeitura até as 23h59 do dia 28 de abril. Uma série de comprovação de vínculo precisa ser apresentada no momento da vacinação - é possível consultar detalhes neste link.


Primeira dose para idosos de 60 anos Onde se vacinar: pontos específicos designados pela PBH (veja locais aqui) Com exceção de pessoas com mobilidade reduzida ou acamados, que devem fazer cadastro para se vacinarem em casa, esse grupo já pode procurar postos específicos desde esta segunda-feira (3) para receber a primeira dose da vacina Astrazeneca. São os idosos que já completaram ou completam 60 anos até o dia 31 de maio de 2021. O idoso precisa levar documento de identidade, CPF e comprovante de residência.




0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!