• Rafael Mendonça

Galo vai em busca da segunda vitória contra o Boca, no histórico dos confrontos


O Atlético enfrentará logo mais, às 19h15, o Boca Juniors, no Estádio Alberto José Armando, a famosa La Bombonera, em partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. O Galo teve a melhor campanha geral da primeira fase, e por isso tem a vantagem de decidir as seguintes em casa, até que chegue à sonhada final em Montevideo, em 20 de novembro.


Ao todo, na história, mineiros e xeneizes se enfrentaram em 7 jogos, com uma vitória alvinegra, 3 empates e 3 triunfos argentinos. Apesar da desvantagem atleticana, alguns confrontos foram marcantes, à exemplo dos duelos pelas quartas-de-final da Copa Mercosul de 2000. O Galo venceu a partida de ida, jogando no Mineirão, por 2x0, gols marcados por Marques e Diego Capria. Já a partida de volta terminou com um emocionante 2x2. O Boca esteve duas vezes à frente do placar, dois gols de Barihjo, mas o Atlético, com Caçapa e André Neles, deixou tudo igual e confirmou a passagem às semifinais do torneio para enfrentar o Palmeiras.


Se por um lado os números diante do Boca não são os mais favoráveis, por outro, quando se trata de duelos contra argentinos, a história é outra. O Galo possui vantagem nos 43 confrontos realizados até então, sendo 19 vitórias, 10 empates e 14 derrotas. A última vez que o Atlético enfrentou uma equipe argentina em Libertadores foi em 2017, quando caiu no mesmo grupo do Godoy Cruz. Em Mendoza, a partida terminou empatada em 1x1, no dia 08/03/2017. Já no Independência, os atleticanos venceram por 4x1, no dia 16/05/2017.

0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!