• jornalismo42

Governo de MG abre consulta pública para concessão de metrô de Belo Horizonte

A consulta pública sobre o projeto de concessão do metrô de Belo Horizonte à iniciativa privada foi aberta pelo governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra). O processo fica aberto até o dia 10 de dezembro, para que interessados possam encaminhar propostas de melhoria ou alteração nos estudos e documentos apresentados. “O projeto, estruturado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e conduzido em parceria com o governo federal, prevê a modernização e a ampliação da Linha 1, além da conclusão da construção da Linha 2, assim como a operação dos serviços por 30 anos”, diz o governo do Estado.

“As informações sobre a concessão, o formulário e o regulamento com a forma de participação na consulta pública estão disponíveis no site da Seinfra e, também, no portal da Unidade de PPP do Governo de Minas Gerais. Informações e esclarecimentos adicionais podem ser obtidos pelo endereço de e-mail concessaometro@infraestrutura.mg.gov.br”, conclui. Clique aqui para participar

O projeto atual prevê ampliação da linha 1 do metrô até a estação Novo Eldorado, em Contagem, com um quilômetro a mais de linha metroviária. Retomada da construção da linha 2, que ligaria o bairro Calafate, na região Oeste da capital, ao Barreiro, também está prevista.

“O novo ramal atenderá diretamente o Barreiro e a região Oeste da capital, e, indiretamente, os municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH): Ibirité, Sarzedo, Mário Campos, Brumadinho e Contagem. Com as melhorias, as duas linhas devem transportar diariamente cerca de 260 mil passageiros”, promete a gestão de Romeu Zema (Novo).

Para as obras, serão destinados R$ 3,2 bilhões, dos quais R$ 2,8 bilhões de origem federal e, R$ 428 milhões, estadual, com verba arrecadada pelo Termo de Reparação assinado entre o Executivo de Minas Gerais e a mineradora Vale pela tragédia em Brumadinho. A concessão privada prevê exploração da operação do metrô por 30 anos.




0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!