• jornalismo42

Governo de Minas recebe cerca de 300 denúncias de 'fura-filas' da vacinação

Minas Gerais recebeu, até agora, 515 denúncias relativas ao processo de vacinação contra o novo coronavírus. Deste total, a maior parte, 296, foi de “fura-filas”.

Até agora, 176.777 mineiros foram vacinados. A maior parte, 162.129, é de trabalhadores da saúde; 11.083 são idosos em Instituições de Longa Permanência; 875 são pessoas com deficiência em residências inclusivas e 2.690 são índios residentes em terras indígenas. As denúncias de irregularidades envolvendo a vacinação contra a Covid-19 devem ser feitas à Ouvidoria Geral do Estado, pelo Canal Coronavírus ou Disque 162. O público-alvo estipulado pelo Ministério da Saúde, para a primeira fase da imunização, é formado por:

  • pessoas com 60 anos ou mais que estejam em asilos ou instituições de longa permanência;

  • pessoas com deficiência que estejam em instituições de longa permanência;

  • população indígena vivendo em terras indígenas;

  • trabalhadores de saúde na linha de frente contra a Covid-19.

Denúncias no Ministério Público de Minas Gerais Denúncias de fura-filas também podem ser feitas na Ouvidoria do Ministério Público (MPMG), por meio do número 127, ou pelo site do órgão. As denuncias podem ser anônimas. O MP confirmou que já investiga alguns casos, mas não informou números.




0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!