• Adriana Valadares

Governo informa que Minas deve receber mais de 10 milhões de doses de vacinas até abril

Minas Gerais deve receber mais de 10 milhões de doses de vacina contra o coronavírus até abril. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (17) pelo governador Romeu Zema (Novo) após reunião do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, com os representantes dos Estados. A expectativa é que em março o país receba 46 milhões de doses enquanto em abril são esperados mais de 57 milhões de doses do imunizante. De acordo com Zema, Minas vai receber 10% do total das doses anunciadas. “Tivemos 10 milhões de vacinas em todo o Brasil em janeiro, 11 milhões em fevereiro e agora, no mês de março, está previsto 46 milhões de vacinas.Para abril, 57 milhões. Minas Gerais, que representa 10% da população do Brasil, recebe cerca de 10% desse total. A previsão é que a fila comece a andar com muito mais rapidez, explicou.


Desde o início da vacinação no Estado, o Ministério da Saúde enviou para Minas Gerais, 1.171.180 doses de vacinas contra a Covid-19. Segundo o Vacinômetro da Secretaria de Estado de Saúde, já foram aplicadas 422.713 primeiras doses do imunizante. A nova remessa a ser recebida pelo Estado é quase dez vezes maior do que o recebido até o momento, o quantitativo é capaz de vacinar mais de 5 milhões de pessoas.


De acordo com o Ministério da Saúde, até julho serão entregues 230,7 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 no país. As próximas entregas aos estados acontecem ainda em fevereiro. Serão 2 milhões de doses da AstraZeneca/Fiocruz, importadas da Índia, e 9,3 milhões da Sinovac/Butantan, produzidas no Brasil. Em março, a pasta também aguarda a chegada de 18 milhões de doses da vacina do Butantan e mais 16,9 milhões da vacina da AstraZeneca. “(Será) o suficiente para dar tranquilidade de proteção à população contra essa doença”, afirmou o ministro, Eduardo Pazuello.


O cronograma do primeiro semestre apresentado pelo ministro também leva em conta as negociações com os laboratórios União Química/Gamaleya e Precisa/Bharat Biotech, que garantirão ao Brasil a chegada da vacina russa Sputnik V e da indiana Covaxin, respectivamente. A previsão é de que o contrato com os dois laboratórios seja assinado ainda nesta semana.


Confira, abaixo, o cronograma de entregas e quantidades previstas em contratos:

Fundação Oswaldo Cruz (vacina AstraZeneca/Oxford)

Janeiro: 2 milhões (entregues)

Fevereiro: 2 milhões (importadas da Índia)

Março: 4 milhões (importadas da Índia) + 12.900.000 (produção nacional com IFA importado)

Abril: 4 milhões (importadas da Índia) + 27,3 milhões (produção nacional com IFA importado)

Maio: 28,6 milhões (produção nacional com IFA importado)

Junho: 28,6 milhões (produção nacional com IFA importado)

Julho: 3 milhões (produção nacional com IFA importado)


Total primeiro semestre: 112,4 milhões de doses


A partir do segundo semestre, com a incorporação da tecnologia da produção da matéria-prima (IFA), a Fiocruz deverá entregar mais 110 milhões de doses, com produção 100% nacional.


Fundação Butantan (vacina Coronavac/Sinovac)

Janeiro: 8,7 milhões (entregues)

Fevereiro: 9,3 milhões

Março: 18,1 milhões

Abril: 15,9 milhões

Maio: 6 milhões

Junho: 6 milhões

Julho: 13,5 milhões


Total: 77,6 milhões de doses


Até setembro, serão entregues mais de 22,3 milhões de doses da Coronavac, totalizando os 100 milhões contratados pelo Ministério da Saúde.


Covax Facility

Março: 2,6 milhões (vacina importada da AstraZeneca/Oxford)

Até junho: 8 milhões (vacina importada da AstraZeneca/Oxford)


Total: 10,6 milhões de doses


União Química (vacina Sputnik V/Instituto Gamaleya/RUS)

Março: 400 mil (importadas da Rússia)

Abril: 2 milhões (importadas da Rússia)

Maio: 7,6 milhões (importadas da Rússia)


Total: 10 milhões de doses


Com a incorporação da tecnologia da produção do IFA, a União Química deverá produzir, no Brasil, 8 milhões de doses por mês.


Precisa Medicamentos (vacina Covaxin/Barat Biotech/IND)

Março: 8 milhões (importadas da Índia)

Abril: 8 milhões (importadas da Índia)

Maio: 4 milhões (importadas da Índia)


Total: 20 milhões de doses



Foto: Caroline_Lopes -Imprensa/MG - Agência Minas / Divulgação

0 comentário
logo-rodape-novo.png

A Rádio da Massa é a primeira emissora de rádio da América Latina, personalizada, criada e produzida exclusivamente, 100% para a torcida de um grande clube de futebol, o Galo!

  • whatsapp (1)
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Ouça ao vivo!