• Redação

Marinho no Galo ?

Atualizado: Jun 5


Nos últimos dias uma especulação mexeu com a Massa Atleticana nas redes sociais, uma possível vinda do atacante Marinho, do Santos, para o Galo.

E não é a primeira vez que o nome do melhor jogador da Libertadores 2020 é especulado no Atlético. Na temporada passada, o camisa 11 do Santos teve seu nome ligado ao time atleticano por conta de Jorge Sampaoli, até então treinador do Galo, que tinha feito uma sondagem no atacante.


Agora, o nome de Marinho volta a ser especulado, mesmo o Atlético não confirmando tratativas. Uma possível vinda se daria pela má fase financeira da equipe praiana, que estaria disposta a negociar seu atacante para aliviar a folha salarial e dar um combustível nos cofres.

Marinho tem contrato com o Santos até o fim de 2022, e segundo informações que vem da imprensa paulista, para tirar o camisa 11 do alvinegro da baixada é necessário desembolsar cifras na casa dos R$20 milhões. O que vem sendo muito especulado também é o interesse do Peixe em dois jogadores do Galo, o que poderia facilitar uma futura negociação.

Poderiam ser envolvidos em uma tratativa o zagueiro Gabriel e o meia Nathan, que já receberam sondagens do Santos.


Mas saindo do campo das especulações, das projeções, uma análise é necessidade. Marinho é uma peça que o Atlético precisa? O esforço por ele é válido?


Com Rodrigo Caetano, a forma de trabalho nos bastidores costuma ser de muita cautela e silêncio, o dirigente não esconde que gosta de trabalhar assim, portanto não é do feitio dele fechar uma contratação no calor do momento.

Outra ressalva é o setor de ataque muito recheado do time. No futebol, sabemos que quantidade não é sinônimo de qualidade, mas o Atlético tem números positivos quando o assunto é balançar as redes adversárias. E pela margem de campo que Marinho atua com qualidade, é o mesmo setor que hoje é ocupado por Savarino, o venezuelano é titular absoluto.


#ARadioDaMassa!

0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!