• Adriana Valadares

Minas tem 42 barragens proibidas de funcionar e 4 barragens da Vale estão em risco de ruptura

A Associação Nacional de Mineração (ANM) divulgou um estudo que mostra que Minas Gerais é o Estado que mais tem barragens proibidas de funcionar.


Das 45 interdições feitas no Brasil, 42 foram em Minas e as outras três no Amapá, Pará e Rio Grande do Sul.


Com relação às barragens da Vale, dez estão em nível de emergência e quatro estão com risco iminente de ruptura em nosso estado, segundo relatório divulgado pela própria empresa.


Estão em nível 3, ou seja com risco de romper, as barragens B3/ B4 da mina Mar Azul, em Macacos, na região metropolitana, Forquilha I e Forquilha III, em Ouro Preto, na região Central, e a Sul Superior, em Barão de Cocais, também na região Central.


De acordo com o comunicado da Vale estão sendo adotadas medidas de segurança para as barragens que estão em nível 2, ou seja situação de emergência e nível 3, quando há risco iminente ou ruptura em curso. 


"A Vale vem mantendo os reservatórios rebaixados e minimizando o aporte de água, com a implantação de canais de cintura. Estruturas de contenção a jusante das barragens em nível 3 (backup dams) também estão em construção, com uma delas já concluída em março de 2020, relativa à barragem Sul Superior. A primeira fase das contenções relativas às barragens B3/B4 e Forquilhas I, II e III e Grupo foi concluída, mas, em função de ajustes em seu escopo, uma segunda fase está em andamento e tem previsão de conclusão para o quarto trimestre de 2020 (B3/B4) e segundo trimestre de 2021 (Forquilhas I, II e III e Grupo)", informou a mineradora. 


A Vale informou ainda que a barragem de Xingu,  localizada na Mina Alegria, no Município de Mariana , também na região Central de Minas " teve seu nível de emergência elevado de 1 para 2 em 29 de setembro de 2020. Originalmente classificada como empilhamento drenado, a estrutura foi reclassificada como barragem de rejeitos com método de alteamento a montante em setembro de 2020. Todas as barragens de rejeitos em nível 2 ou 3 de emergência estão contempladas no plano de descaracterização da Vale, cuja atualização está disponível no Portal ESG da Vale", escreveu.  


A  Vale ainda tem nove barragens de rejeitos e de sedimentos que continuam sem Declaração de Condição de Estabilidade (DCEs) e suas respectivas Zonas de Autossalvamento (ZAS) estão evacuadas. 





logo-rodape-novo.png

A Rádio da Massa é a primeira emissora de rádio da América Latina, personalizada, criada e produzida exclusivamente, 100% para a torcida de um grande clube de futebol, o Galo!

  • whatsapp (1)
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Ouça ao vivo!