• Adriana Valadares

O forte calor das últimas semanas fez preços subirem nos sacolões de BH

Muitos alimentos tiveram um grande aumento de preços nas últimas semanas, sobretudo frutas, legumes e hortaliças, segundo pesquisa realizada pelo site Mercado Mineiro em 17 estabelecimentos de Belo Horizonte.

Entre os campeões da alta de preços está o repolho que teve com elevação de 107%, com aumento do preço médio de R$1,38 o quilo, em agosto, para R$ 2,87, em outubro,

Apontado como um dos vilões da inflação, o tomate teve um aumento de 82% em dois meses, passando de R$ 2,92 para R$ 5,34 (preço médio do quilo).

Algumas frutas importantes na dieta do brasileiro também tiveram altas significativas, como a banana caturra, que teve um aumento de R$ 2,84 para R$ 3,69 (30% de elevação), e o limão taiti, que subiu de R$ 4,37 para R$ 6,40 (46% de aumento).

Já o abacate passou por uma elevação de 50%, passando de R$ 4,10 para R$ 6,16.

De acordo com o coordenador do site Mercado Mineiro, Feliciano Abreu, o calor deve ser o principal motivo para o grande aumento nos preços dos produtos do sacolão.

"O calor excepcional dos últimos dias afetou o transporte das mercadorias, que acabaram se perdendo, apodrecendo rapidamente. Além disso, há uma demanda maior no momento, pois muitas pessoas estão substituindo o arroz por legumes", afirmou. 

Segundo ele, para economizar neste momento, é importante que os consumidores façam pesquisas de preços e deem preferência para alimentos da estação.

"Sempre aconselho o consumidor a aproveitar o melhor da safra, que é mais natural e com qualidade maior", explicou.

Abacaxi, acerola e jabuticaba são algumas frutas melhor colhidas em outubro.

Variação

Para economizar na hora de fazer as compras, é bom o consumidor fazer uma pesquisa prévia sobre os preços de cada estabelecimento. No caso do quilo da mandioca, por exemplo, pode haver uma variação de 202% – de R$ 0,99 a R$ 2,99.

A variação sobre o quilo do tomate pode chegar a 100% (com preços de R$ 3,98 até R$ 7,99), assim como para a cebola branca (variando entre R$ 2,98 e R$ 5,99). No caso da batata inglesa, os valores ficam entre R$ 1,78 e R$ 3,99, uma variação de 124%.

As frutas demandam uma pesquisa ainda maior, já que as variações podem ser superiores a 100%. No caso do mamão havaí, a pesquisa indicou que os valores ficaram entre R$ 1,99 até R$ 5,98 (uma variação de 200%). O quilo da banana caturra pode custar de R$ 1,49 até R$ 4,99 (uma variação de 234%), enquanto o limão taiti tem preços entre R$ 3,98 e R$ 9,98 (variando 150%).

Para conferir a pesquisa completa e os endereços dos locais pesquisados, acesse o site Mercado Mineiro.



logo-rodape-novo.png

A Rádio da Massa é a primeira emissora de rádio da América Latina, personalizada, criada e produzida exclusivamente, 100% para a torcida de um grande clube de futebol, o Galo!

  • whatsapp (1)
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Ouça ao vivo!