• Adriana Valadares

"Onda Roxa" em Minas faz Bombeiros suspenderem buscas por vítimas de Brumadinho

O Corpo de Bombeiros suspendeu temporariamente as buscas pelos 11 corpos que continuam desaparecidos após o rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A tragédia que matou 270 pessoas aconteceu em janeiro de 2019. A medida é devido à onda roxa, fase mais restritiva do Programa Minas Consciente do estado.

O governo de Minas determinou as restrições em todo o estado por um período de 15 dias, a partir desta quarta-feira (17). De acordo com o Corpo de Bombeiros, há militares de diversas regiões do estado trabalhando nas buscas e a atividade em grupo pode colocar em risco a saúde dos profissionais.

Mesmo com suspensão, alguns bombeiros irão permanecer na base, controlando a área. A mineradora não poderá acessar os locais ainda não vistoriados.

O rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, em 25 de janeiro de 2019, deixou 270 pessoas desaparecidas. Deste total, os bombeiros encontraram 259 corpos. Os militares fizeram um compromisso com as famílias das vítimas que só encerrarão as buscas quando todas forem encontradas.

Suspensão em 2020 Esta é a segunda vez que as buscas são interrompidas por causa da pandemia. Elas tinham sido suspensas no dia 21 de março e só retornaram cinco meses depois.





0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!