• jornalismo42

Passagens de ônibus intermunicipais, em Minas, ficam mais caros a partir desta terça (17)

As passagens de ônibus intermunicipais vão ficar mais caras a partir desta terça-feira (17). A autorização para o reajuste foi dada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) em resolução publicada no Diário Oficial do Estado.

As linhas do padrão convencional, operadas com veículos rodoviários, terão reajuste médio de 5,82%. Já as linhas operadas com ônibus urbanos, terão aumento de 3,55%. Os novos valores não incluem taxas de embarques e pedágios. Segundo a Seinfra, o reajuste anual está previsto em decretos estaduais. Mas a última atualização ocorreu em 29 de dezembro de 2019. O reajuste do ano passado foi adiado, “de forma a não onerar os usuários do transporte coletivo, principalmente devido à pandemia de Covid-19”, afirmou a secretaria. Ainda de acordo a pasta, o reajuste visa a correção dos valores, considerando variação dos preços em combustíveis, manutenção, depreciação do veículo, tributos e outros. O Sistema Intermunicipal de Passageiros, que tem ônibus que circulam entre a capital e as cidades do interior, conta com 3.570 veículos. O reajuste não é válido para coletivos metropolitanos, que fazem linhas dentro da Grande BH. A passagem de menor valor, agora, é de R$ 3,70, entre Matozinhos e Pedro Leopoldo. Já o maior preço é de R$ 333,50, no trecho de Uberaba a Montes Claros.


Valores

Ainda de acordo com a Seinfra, as concessionárias que prestam serviço de transporte coletivo rodoviário intermunicipal estão autorizadas a adotar tarifas promocionais em horários específicos, "não sendo obrigatória oferecer a promoção em todas as poltronas de uma mesma viagem". Nos bilhetes de passagens adquiridos na promoção devem constar a inscrição “tarifa promocional”.

O Sistema Intermunicipal de Transporte de Passageiros abrange ônibus que circulam entre a capital e as cidades do interior e também as rotas entre cidades mineiras. Ao todo, o sistema conta com uma frota de 3.570 veículos, que atualmente atendem a uma média mensal de 2,9 milhões de passageiros.




0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!