• jornalismo42

PBH adota redução no intervalo da aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid

A prefeitura de Belo Horizonte informou que vai seguir a orientação do governo de Minas Gerais, que aprovou a redução do intervalo de administração da dose de reforço da vacina de seis para cinco meses.

Confira o calendário atualizado e as recomendações para imunização:

  • Dia 16/11, terça-feira: dose de reforço para trabalhadores da saúde a partir de 18 anos, completos até 30 de novembro, cuja segunda dose tenha 5 meses. É necessário levar o cartão de vacina, documento de identidade, CPF e documento que comprove ser trabalhador em atividade em estabelecimentos de saúde de Belo Horizonte;

  • Dia 17/11, quarta-feira: dose de reforço dose para pessoas de 85 e 84 anos cuja data da segunda dose tenha completado 5 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte;

  • Dia 18/11, quinta-feira: dose de reforço para pessoas de 83 e 82 anos cuja data da segunda dose tenha completado 5 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte;

  • Dia 19/11, sexta-feira: repescagem de dose de reforço para idosos cuja data da segunda dose tenha completado 5 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte; repescagem de dose adicional para pessoas com alto grau de imunossupressão a partir de 18 anos, cuja segunda dose tenha sido há pelo menos 28 dias. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF, comprovante de residência em Belo Horizonte, além de documento que comprove a condição de saúde; repescagem de segunda dose para pessoas de 29, 26, 25, 24, 22, 21 e 20 anos vacinadas com a Pfizer. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF.

  • Dia 20/11, sábado: não haverá vacinação.

Clique aqui e confira os endereços completos dos locais de imunização.

É necessário levar o cartão de vacina, identidade, CPF e documento que comprove o trabalho em atividade em estabelecimentos de saúde de Belo Horizonte, como registro no conselho profissional, ou documento que comprove a vinculação ativa do trabalhador com serviço de saúde localizado na capital, por meio da apresentação de:

  • Comprovante de pagamento (contracheque); ou

  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) com especificação da função; ou

  • Contrato de trabalho; ou

  • Relatório do CNES; ou

  • Declaração de Imposto sobre a Renda; ou

  • Declaração de vinculação ativa como trabalhador de saúde emitida pelo serviço de saúde.

Os pontos fixos e extras de vacinação funcionam das 8h às 17h, e os pontos de drive-thru, das 8h às 16h30.

Há também três pontos de vacinação com horário noturno. Veja os horários e endereços:

  • UFMG Campus Saúde (Escola de Enfermagem): Avenida Professor Alfredo Balena, 190 - Santa Efigênia - Funcionamento das 12h às 20h;

  • Faculdade Pitágoras: Rua dos Timbiras, 1.375 - Funcionários - Funcionamento das 8h às 20h;

  • UNA-BH: Rua Aimorés, 1.451 - Lourdes – Funcionamento das 8h às 20h.

Os públicos elegíveis para se vacinar no período noturno são exclusivamente os convocados para o dia em questão. Clique aqui para acessar a relação completa dos postos de vacinação.




0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!