• jornalismo42

PBH define pontos fixos de ‘repescagem’ para 2ª dose da vacina contra Covid-19

A prefeitura de Belo Horizonte definiu 27 pontos de repescagem para pessoas que não conseguiram se vacinar com a segunda dose de imunizantes contra a Covid-19 possam recebê-los. De acordo com o Executivo, em nota à imprensa “as unidades estão espalhadas pelas nove regionais da cidade e serão destinadas apenas à repescagem de segunda dose, para garantir fácil acesso da população” da capital. O objetivo é acelerar a campanha de imunização na cidade.

Apesar disso, pessoas que não conseguiram se imunizar nos dias estipulados têm “prazo máximo de uma semana” após a “data da convocação” para comparecerem aos locais. “Sendo assim, as pessoas que perderam o prazo, sem uma justificativa válida, deverão esperar a chegada de novas remessas do Ministério da Saúde e novo chamamento da Prefeitura”, completou a prefeitura.

“O ideal é que a população se vacine com a segunda dose nos dias específicos de convocação da Prefeitura. Caso a pessoa não consiga ir no dia estabelecido, tem a opção de comparecer em um dos locais de repescagem em até uma semana, mas estando avisado que estará sujeito a enfrentar filas. Já que estão distribuídas uma unidade por regional”, pontuou o secretário municipal de Saúde, Jackson Machado, na nota.

O endereço das unidades está disponível para acesso no site da prefeitura. “Os centros de Saúde estão definidos por tipo de imunizante, para facilitar o acesso do usuário ao local correto. Para receber a segunda dose, é necessário apresentar o cartão de vacina, comprovante de residência quando necessário, além do documento de identidade e CPF”, informa a PBH.,

O horário de funcionamento dos postos de repescagem será entre 8h e 17h para pontos fixos e 8h às 16h30 para os de drive-thru em dias úteis. Nos sábados, respectivamente, é de 7h30 às 14h e 8h às 14h, “podendo variar”, de acordo com o Executivo, que não detalhou as possíveis variações.



0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!