• jornalismo42

Preço da vacina contra gripe em laboratórios e clínicas particulares varia 50% em BH

Quem quer garantir a imunização contra a gripe, pagando pelas vacinas em laboratórios privados de Belo Horizonte neste ano, encontra preços que variam a uma diferença de 50% entre eles. Segundo levantamento do instituto de pesquisa Mercado Mineiro, a dose mais barata sai a R$ 100 e a mais cara, a R$ 150, com uma média de preço de R$ 129,56.

A pesquisa consultou 11 laboratórios entre 13 e 16 de abril.

De acordo com o Mercado Mineiro, não é possível fazer uma comparação da média com os preços de abril de 2020, pois os laboratórios não teriam fornecido informações sobre o imunizante naquele período. Comparando-se a média de preços atuais com janeiro de 2020, mês em que a procura pelo imunizante é tradicionalmente baixa, o valor mais que dobrou, conforme mostra o levantamento.

A responsável pelo serviço de vacinas do Hermes Pardini, Marilene Lucinda, explica que a demanda pela vacina começa a evoluir, mas aparenta ser menor neste ano na rede de laboratórios. “A procura está menor do que nos anos anteriores, apresentando uma ligeira curva ascendente a partir da semana passada, quando começou a campanha do SUS. Geralmente, após o início da campanha, a procura pelas vacinas privadas aumenta também”, resume.

A vacinação nos postos de saúde começou no dia 12 de abril, com uma vacina diferente da que geralmente é encontrada na rede particular. O imunizante distribuído nos postos de saúde é trivalente, ou seja, protege contra três variações do vírus Influenza, enquanto as vacinas da rede particular avaliadas pelo Mercado Mineiro são tetravalentes, protegendo contra quatro variantes.

Segundo informações da Agência Brasil, o Ministério da Saúde pagou R$ 15 por dose em 2021, valor similar ao gasto em 2020. As vacinas da rede pública são produzidas pelo Instituto Butantan, enquanto as da rede privada são importadas.

Em BH, a campanha de vacinação do ministério contempla, por ora, trabalhadores de saúde, grávidas, puérperas e crianças de seis meses a 11 meses e 29 dias. O objetivo da pasta é vacinar cerca de 80 milhões de brasileiros.


Vacina tríplice viral aumenta quase 16%

Outras vacinas também ficaram mais caras em 2021, como a tríplice viral, cujo valor médio na capital mineira subiu quase 16% desde abril de 2020, passando de R$ 87,50 para R$ 101,44. Em alguns laboratórios, ela pode ser encontrada por menos de R$ 90, mas, em outros, chega a R$ 140.

No começo deste mês, laboratórios de BH relataram explosão da busca pelo imunizante após resultados preliminares de um único estudo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) sugerirem que ela teria efeito contra a Covid-19. Especialistas e as empresas, porém, advertem que não há qualquer prova da eficácia do imunizante e que ele não deve ser aplicado para prevenir contra o coronavírus. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não aprova o uso da tróplice viral contra o coronavírus.

De acordo com a responsável pelo serviço de vacinas do Hermes Pardini, Marilene Lucinda, o aumento de preço não deve-se à alta da demanda. “A variação de preços das vacinas deve-se ao aumento anual que ocorre em abril repassado às clínicas e farmácias, devido a reajuste da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED)”, diz.

A vacina com maior variação de preço entre laboratórios foi a de HPV bivalente, cujo valor varia aproximadamente 115%: há locais que a comercializam por R$ 260, contra um valor de R$ 559,55 em outros.


Confira o preço médio das vacinas em BH:

  • Adacel Quadra DTPA+IPV: R$ 202,80

  • BCG: R$ 180

  • Dengue: R$ 220

  • DTpa-R Refortrix*: R$ 170,20

  • DTPac** (hexa): R$ 294

  • DTPac (penta): R$ 257,40

  • DTPac (Pólio, para aplicação aos 5 anos): R$ 195,67

  • DTPac (tetra): R$ 179,69

  • Febre Amarela: R$ 151

  • Febre Tifóide: R$ 116,67

  • Gripe (tetravalente): R$ 129,56

  • Hepatite A Adulto: 164,11

  • Hepatite A Infantil: R$ 134,40

  • Hepatite A+B Adulto: R$ 173,78

  • Hepatite B Adulto: R$ 101,80

  • Hepatite B Infantil: R$ 74,25

  • Herpes Zóster: R$ 512,34

  • HPV Bivalente: R$ 344,89

  • HPV Quadrivalente: R$ 529,96

  • Meningite B: R$ 590,57

  • Meningite C: R$ 346

  • Meningite Quadrivalente: R$ 363,18

  • Pneumo 13***: R$ 279,05

  • Pneumo 23: R$ 135,44

  • Rotavírus (fabricante GSK, com duas doses): R$ 354

  • Rotavírus (fabricante Merck): R$ 226,48

  • Tetraviral: R$ 248,33

  • Tríplice viral: R$ 101,44

  • Varicela: R$ 178,50

*Reforço contra difteria, tétano e coqueluche​. **As vacinas de DTPac protegem contra difteria, tétano e coqueluche. ***Protege contra 13 pneumococos, que causam doenças como pneumonia e meningites. A Pneumo 23 protege contra 23.




0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!