• jornalismo42

Preço do etanol dispara em BH e álcool deixa de ser viável para o motorista

Uma pesquisa realizada entre os dias 17 e 20 de maio pelo Mercado Mineiro em 145 postos de combustíveis em Belo Horizonte e na Região Metropolitana apontou que houve uma alta de 13,65% (R$ 0,54) no preço do etanol em relação ao levantamento feito no dia 20 de abril.

O valor médio desse combustível era de R$ 3,934 e passou para R$ 4,471. Segundo a pesquisa, o etanol não é viável para o consumidor se comparado aos preços médios, já que alcança 77% do valor da gasolina comum. O preço médio do litro do diesel também subiu nos últimos 30 dias: a alta constatada foi, em média, de 6,33%. Em 20 de abril era R$ 4,479 e passou para R$ 4,899 (R$ 0,28). Já o preço da gasolina se manteve estável no período, subindo 0,13% ou R$ 0,01.


Variação de preços nos postos A pesquisa também constatou uma variação de 9,32% no valor da gasolina comum – de R$ 5,579 a R$ 6,099 – dependendo da região e da bandeira dos postos de gasolina na cidade.

No caso do etanol, o menor preço foi R$ 4,177 e o maior, R$ 4,799, com variação de 14,89%.

O menor valor do diesel foi de R$ 4,479 e o maior R$ 4,899, variação de 9,38%.




0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!