• jornalismo42

Prefeitura antecipa início do pagamento do "Auxílio Belo Horizonte"

O prefeito Alexandre Kalil (PSD) anunciou, nessa quinta-feira (9), a antecipação do início do pagamento do Auxílio Belo Horizonte. A primeira parcela será depositada nesta sexta-feira (10) para os beneficiários que utilizam o Caixa Tem. Quem preferir sacar o recurso deverá seguir uma escala que vai até o dia 17.

A previsão inicial era que o pagamento fosse feito até o dia 15, mas, segundo a secretária municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, Maíra Colares, o adiantamento foi realizado para que o recurso chegue a todas as famílias antes do Natal.

O valor do benefício, criado para o enfrentamento das consequências sociais e econômicas da pandemia, pode chegar a R$ 400 neste primeiro mês para algumas famílias.

“Nós temos já cadastradas, aptas a receber a ajuda, 157.362 famílias. Nós estamos antecipando essa ajuda que começa a ser paga amanhã [sexta-feira]”, disse Kalil. O número citado pelo prefeito corresponde às famílias que solicitaram o pagamento até 30 de novembro e a 60% da estimativa total do Executivo de beneficiários elegíveis.

Como os benefício pode ser cumulativo, serão pagos, ao todo, 254.167 auxílios. O investimento na primeira parcela será de R$ 30,2 milhões.

Como ter acesso ao auxílio Para acessar o recurso já nesta sexta-feira (10), os beneficiários que ainda não têm o Caixa Tem devem baixar o aplicativo no celular, acessar com o CPF e criar uma senha.

"Pelo aplicativo, as famílias já conseguem acessar para pagar conta de água, luz, telefone ou outros boletos, acompanhar saldo e extrato, realizar compras", disse Maíra Colares. Caso o beneficiário opte por sacar o valor, é preciso se dirigir a uma agência da Caixa ou casa lotérica, seguindo a escala abaixo:

"Quem não quiser ou conseguir usar o aplicativo vai poder sacar o recurso em casas lotéricas e agências da Caixa. O usuário deverá apresentar o documento com foto, e foi realizada pela Caixa uma escala de atendimento presencial conforme o mês de nascimento do responsável pelo cadastro", explicou a secretária.

Segundo ela, houve erro no processamento do pagamento de quase 4 mil famílias que solicitaram o benefício por causa de inconsistência de dados, como CPF cancelado ou suspenso.

"Se a família solicitou até o dia 30 (de novembro) e o crédito não for realizado a partir de amanhã, vamos disponibilizar a partir de 20 de dezembro na página da prefeitura um formulário para que as famílias indiquem um novo representante apto a receber o benefício, que esteja com o CPF ok, ou as famílias vão confirmar os dados, porque a prefeitura vai importar os dados da Receita Federal diretamente", explicou Maíra.

O Auxílio Belo Horizonte ainda pode ser solicitado pela internet.

0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!