• Adriana Valadares

Quatro regiões do estado avançam para "onda amarela" do Minas Consciente

Quatro das 14 macrorregiões de Minas Gerais vão avançar para a onda amarela do programa Minas Consciente a partir do próximo sábado (1º). As demais vão ficar na onda vermelha — a macrorregião Nordeste, a única que permanecia na onda roxa, também deixou a etapa mais restritiva do plano.

A decisão foi adotada pelo Comitê Extraordinário Covid-19 nesta quinta-feira (29) com base na melhora dos indicadores do coronavírus. De acordo com o governo de Minas, o estado registrou queda de 38% na incidência de Covid-19 nos últimos 14 dias e de 13% na última semana. As regiões Norte, Triângulo do Norte, Vale do Aço e Jequitinhonha vão para a onda amarela, para a qual avançam também as microrregiões de Curvelo, Patos de Minas, João Pinheiro, Carangola, Muriaé, Ubá, Cássia/Passos, Piumhi e São Sebastião do Paraíso. Segundo o estado, estas localidades "apresentaram quedas sustentadas" na incidência de Covid-19 e na espera por leitos hospitalares. As macrorregiões Centro, Centro-Sul, Leste, Leste do Sul, Nordeste, Noroeste, Oeste, Sudeste, Sul e Triângulo do Sul vão ficar na onda vermelha. Nenhuma macrorregião do estado ficará na onda roxa ou verde. Enquanto na onda roxa apenas serviços considerados essenciais podem operar, nas ondas vermelha e amarela todas as atividades têm autorização para funcionar, com restrições.

A onda vermelha permite a realização de eventos com até 30 pessoas, enquanto na onda amarela o limite é de 100 pessoas. Na onda vermelha, hotéis e atrativos culturais e naturais podem funcionar com 50% da capacidade ocupada. Na onda amarela, a ocupação pode ser de 75%.

O limite de público também é menor na onda vermelha. Em espaços fechados e com atendimento ao público, é permitido uma pessoa a cada 10 metros quadrados. A distância linear entre as pessoas em filas e mesas, por exemplo, deve ser de 3 metros. Na onda amarela, a capacidade é de uma pessoa a cada 4 metros quadrados, e a distância linear, de 1,5 metro.


Cirurgias eletivas

O comitê também decidiu, nesta quinta-feira, que as cirurgias eletivas continuam suspensas em Minas Gerais até o dia 30 de junho, até que haja estoque de medicamentos e anestésicos necessários para a intubação.

O grupo estuda a possibilidade de retorno gradual durante esse período, permitindo, por exemplo, cirurgias que não utilizam os medicamentos do kit intubação.

Segundo Baccheretti, nos próximos dias, o estado vai receber 120 mil ampolas de sedativo.



Veja a lista completa das cidades que podem avançar para a "Onda Amarela"

  • Abadia dos Dourados

  • Açucena

  • Alpinópolis

  • Alvorada de Minas

  • Antônio Dias

  • Antônio Prado de Minas

  • Araçuaí

  • Araguari

  • Araporã

  • Aricanduva

  • Augusto de Lima

  • Barão de Monte Alto

  • Belo Oriente

  • Berilo

  • Bom Jesus da Penha

  • Bom Jesus do Galho

  • Brás Pires

  • Brasilândia de Minas

  • Braúnas

  • Buenópolis

  • Bugre

  • Cachoeira Dourada

  • Caiana

  • Campina Verde

  • Canápolis

  • Caparaó

  • Capelinha

  • Capetinga

  • Capinópolis

  • Capitólio

  • Carangola

  • Caratinga

  • Carbonita

  • Carmo do Rio Claro

  • Cascalho Rico

  • Cássia

  • Centralina

  • Chapada do Norte

  • Claraval

  • Coimbra

  • Coluna

  • Conceição do Mato Dentro

  • Congonhas do Norte

  • Corinto

  • Coromandel

  • Coronel Fabriciano

  • Coronel Murta

  • Córrego Novo

  • Couto de Magalhães de Minas

  • Cruzeiro da Fortaleza

  • Curvelo

  • Datas

  • Delfinópolis

  • Diamantina

  • Dionísio

  • Divinésia

  • Divino

  • Dom Cavati

  • Dores do Turvo

  • Doresópolis

  • Douradoquara

  • Entre Folhas

  • Ervália

  • Espera Feliz

  • Estrela do Sul

  • Eugenópolis

  • Faria Lemos

  • Felício dos Santos

  • Felixlândia

  • Fervedouro

  • Fortaleza de Minas

  • Francisco Badaró

  • Gouveia

  • Grupiara

  • Guapé

  • Guarani

  • Guarda-Mor

  • Guidoval

  • Guimarânia

  • Guiricema

  • Gurinhatã

  • Iapu

  • Ibiraci

  • Imbé de Minas

  • Indianópolis

  • Inhapim

  • Inimutaba

  • Ipaba

  • Ipatinga

  • Ipiaçu

  • Iraí de Minas

  • Itamarandiba

  • Itamogi

  • Itaú de Minas

  • Ituiutaba

  • Jacuí

  • Jaguaraçu

  • Jenipapo de Minas

  • Joanésia

  • João Pinheiro

  • José Gonçalves de Minas

  • Lagamar

  • Lagoa Formosa

  • Lagoa Grande

  • Leme do Prado

  • Marliéria

  • Mercês

  • Mesquita

  • Minas Novas

  • Miradouro

  • Miraí

  • Monjolos

  • Monte Alegre de Minas

  • Monte Carmelo

  • Monte Santo de Minas

  • Morro da Garça

  • Muriaé

  • Naque

  • Nova Ponte

  • Nova Resende

  • Orizânia

  • Passos

  • Patos de Minas

  • Patrocínio

  • Patrocínio do Muriaé

  • Pedra Bonita

  • Pedra Dourada

  • Periquito

  • Piedade de Caratinga

  • Pimenta

  • Pingo-d'Água

  • Piraúba

  • Piumhi

  • Prata

  • Pratápolis

  • Presidente Bernardes

  • Presidente Juscelino

  • Presidente Kubitschek

  • Presidente Olegário

  • Rio Pomba

  • Rodeiro

  • Romaria

  • Rosário da Limeira

  • Santa Bárbara do Leste

  • Santa Rita de Minas

  • Santa Vitória

  • Santana do Paraíso

  • Santo Antônio do Itambé

  • Santo Hipólito

  • São Domingos das Dores

  • São Francisco do Glória

  • São Geraldo

  • São Gonçalo do Abaeté

  • São Gonçalo do Rio Preto

  • São João Batista do Glória

  • São João do Oriente

  • São José da Barra

  • São Roque de Minas

  • São Sebastião da Vargem Alegre

  • São Sebastião do Anta

  • São Sebastião do Paraíso

  • São Tomás de Aquino

  • Senador Firmino

  • Senador Modestino Gonçalves

  • Serra Azul de Minas

  • Serra do Salitre

  • Serro

  • Silveirânia

  • Tabuleiro

  • Timóteo

  • Tocantins

  • Tombos

  • Três Marias

  • Tupaciguara

  • Turmalina

  • Ubá

  • Ubaporanga

  • Uberlândia

  • Vargem Alegre

  • Vargem Bonita

  • Varjão de Minas

  • Vazante

  • Veredinha

  • Vermelho Novo

  • Vieiras

  • Virgem da Lapa

  • Visconde do Rio Branco


0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!