• Adriana Valadares

Reunião entre PBH, defensoria e sindicatos termina sem acordo sobre volta às aulas

A reunião entre a Defensoria Pública de Minas Gerais, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) e sindicatos da área da educação, nesta segunda-feira (7), terminou sem uma solução concreta sobre a volta às aulas na capital. Um novo encontro entre as partes foi agendado para a próxima segunda-feira.

A Defensoria espera que na semana que vem o município apresente proposta concreta quanto ao acesso à educação, nem que seja de forma híbrida (parte online e parte presencial). "As nossas propostas continuam sendo que haja um retorno híbrido ou que pelo menos sejam ministradas aulas online para que o aluno tenha acesso à educação ainda que não presencial. A gente espera que na próxima semana a prefeitura possa trazer propostas concretas quanto a isso", disse a defensora pública Daniele Bellettato.

A presidente do Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais (Sinep-MG), Zuleica Reis, disse que a reunião foi produtiva e que a defensoria publica está empenhada, mas lamenta a falta de uma definição.

"As escolas particulares estão prontas desde o ano passado, já têm condição de voltar às aulas no ensino fundamental. Infelizmente não conseguimos fechar acordo nenhum com os representantes da prefeitura", disse Zuleica.




0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!