• Redação

Rodrigo Caetano nega ambiente ruim no Galo e garante elenco focado em grandes conquistas



O diretor de futebol do Atlético, Rodrigo Caetano, concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira (13), na Cidade do Galo, para esclarecer algumas situações no clube, já que muito tem se falado em “ambiente ruim” após derrota para o Cruzeiro no ultimo domingo.


Rodrigo afirmou que ambiente não está pesado e garantiu elenco unido e focado em prol do objetivo do clube, que é conquistar títulos nesta temporada.


“Lamento que isso faça parte hoje da realidade do futebol. É um cenário que se apresenta e não temos como controlar. O que podemos controlar é justamente o nosso ambiente. Da mesma forma que nem tudo estava certo quando vencemos o América, e foi dito que tínhamos uma das melhores equipes da América, nós também não deixamos isso transpirar aqui para dentro. Também quando tivemos um insucesso nesse ultimo clássico, vamos achar que está tudo errado? Pelo contrario, temos muita convicção no trabalho que está sendo feito e eu afirmo que internamente, por onde passe um das premissas básicas, é de ter um bom ambiente e não vai ser diferente aqui” – disse


O diretor ainda falou sobre o treinador Cuca, que logo após a derrota para o arquirrival, assumiu a responsabilidade para si. Parte da torcida vem questionando o trabalho do comandante no clube alguns até pedem a saída do comandante.


O técnico passa por um momento delicado fora das quatro linhas, já que sua mãe, Nilde Stival, segue internada em Curitiba com a COVID-19. Rodrigo garantiu a permanência do técnico e afirmou que isso não tem influenciado na sequência do trabalho. Na visão do diretor, Cuca está muito focado e almeja grandes conquistas no clube.


“Uma coisa são os problemas pessoais que todos nós temos. Uns mais, outros menos. Situações graves, como é o caso da mãe dele, (que apresenta uma melhora) afetam o mundo inteiro, que é a Covid-19, isso apresenta uma insegurança. O clube, e todos nós, estamos tentando dar todo o apoio que ele precisa. Outra coisa é fazer uma ilação ou relação sobre o trabalho dele. O Cuca é um cara dedicado, que vive isso aqui 24 horas por dia. Vamos separar as coisas. É perigoso vincular um insucesso no clássico a um momento que ele vive, que não é segredo para ninguém” – explicou Rodrigo Caetano


Confira a pergunta do setorista da 90.3FM ao diretor de futebol do Atlético.



0 comentário
radio_bar2.png

Ouça ao vivo!