• Adriana Valadares

Trabalhadores com auxílio emergencial negado podem recorrer à Defensoria Pública da União, em Minas


Começa nesta segunda-feira (22) o apoio jurídico da Defensoria Pública da União (DPU) para quem teve o auxílio emergencial negado, para moradores de cidades mineiras.

A medida é gratuita e válida para os trabalhadores que não concordaram com a avaliação do governo. O atendimento será feito, preferencialmente, de forma remota, por meio do telefone, aplicativo de mensagens de texto e e-mail.

Com a ação, de acordo com o ministério, será possível solucionar o caso dessas pessoas por meio administrativo, sem ser necessário o processo de judicialização.

Para recorrer, o trabalhador deverá apresentar documentos que comprovem que ele é elegível para receber o benefício.

A lista de endereços e todos os contatos da Defensoria Pública pode ser acessada no site.


0 visualização
logo-rodape-novo.png
  • whatsapp (1)
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Ouça ao vivo!